quinta-feira, 5 de março de 2009

15 - Reflexões sobre a democracia (4)

Os fins justificam os meios?

O texto abaixo são trechos de uma postagem do jornalista Reinaldo Azevedo no seu blog:

É legítimo DESCREVER aspectos positivos mesmo num regime autoritário, numa ditadura que seja, porque eles podem ajudar a explicar por que tal ditadura se sustenta ou mesmo foi implementada. O que pode distinguir democratas de não-democratas é saber se tais aspectos positivos são tomados como um NORTE, como um caminho a ser seguido.

Um democrata, e eu sou um democrata — só aceito o poder exercido por meio de eleições livres, respeitando-se os direitos das minorias e dos indivíduos —, não magnifica aspectos positivos de um regime ditatorial para justificar toda a ditadura. Ao contrário: a um democrata cumpre deixar claro que conquistas de qualquer natureza — sejam as econômicas, sejam as sociais —não justificam a ditadura.

Quais são as forças que, hoje em dia, condescendem com ditaduras? Quem é que concede com o autoritarismo em nome de supostos benefícios sociais? Seriam os ditos “conservadores”? Seriam os herdeiros do regime de 1964, que nem existem mais?

Reconhecer qualidades positivas num regime autoritário para, por metonímia ideológica, TOMAR A PARTE PELO TODO é legítimo para quem não é um democrata.

Reinaldo Azevedo. “Ainda a ditabranda e algumas questões de princípio” in http://veja.abril.com.br/blogs/reinaldo/ 05 março 2009

Um comentário:

Carla disse...

OLÁ CÁSSIO AQUI ESTOU ,SUA ANTIGA ALUNA CARLA SUELEN, QUE ESTÁ COM MUITAS SAUDADES E DEIXA LEMBRANÇAS, AGRADECENDO-LHE POR SUAS AULAS.
NÃO ESQUECEREI DO SEU AMOR PELA A HISTÓRIA QUE ME FEZ PROGREDIR.
FIQUE COM DEUS.